Pular para o conteúdo

BLOG-Epagri

Santa Catarina produz a banana mais doce do País

FOTO 1: Essa será a primeira IG concedida para banana no mundo (Foto: Aires Mariga/Epagri)

A Região de Corupá, no Norte catarinense, solicitou o selo de Indicação Geográfica (IG) que reconhece a banana produzida nos municípios de Schroeder, Corupá, Jaraguá do Sul e São Bento do Sul como a mais doce do Brasil. O processo para conquistar a IG, na modalidade Denominação de Origem, aguarda homologação do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi). Com o slogan “Banana de Corupá: doce por natureza”, a fruta se tornará patrimônio regional e ganhará destaque nacional e internacional. A expectativa é de que o Inpi analise e homologue o pedido em até um ano.

O grande diferencial da banana produzida na região de Corupá é o sabor da fruta, que é mais doce do que as demais, além da cultura e do modo de produção dos bananicultores. O sabor se deve à combinação de clima, relevo e temperatura da região. Com tempo maior para se desenvolver e amadurecer, a banana acumula mais minerais e açúcares.

Com a IG, os bananicultores da região poderão utilizar o selo de origem em seus produtos, desde que sigam um regulamento de produção, que dará aos consumidores garantia da qualidade diferenciada da fruta. “A Indicação Geográfica é um selo que valorizará a banana produzida na região de Corupá e incentivará os produtores a melhorarem cada vez mais, já que terão acesso preferencial ao mercado nacional e à exportação”, ressalta Airton Spies, secretário adjunto da Agricultura.

O processo para certificação foi baseado em dossiês técnicos e científicos da Epagri/Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de SC (Ciram) e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com estudos sobre as condições naturais, a cultura e a história da região de Corupá, além das características da banana produzida nos quatro municípios.

O registro é um trabalho conjunto das Associações de Bananicultores de Corupá (Asbanco), Schoroeder (ABS) e Jaraguá do Sul (Abajas) e da Associação de Produtores Rurais de São Bento Do Sul (Aprosul).

(Publicado em Vol. 30, nº1, jan./abr. 2017)

 

FOTO 1: Essa será a primeira IG concedida para banana no mundo

Foto: Aires Mariga/Epagri

Skip to content